A Estrada para casa:
2º Domingo do Advento

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no google

Deus mostrará o teu esplendor.

Leitura do Livro do Profeta Baruc 5,1-9

Despe ó Jerusalém, a veste de luto e de aflição, e reveste, para sempre, os adornos da glória
vinda de Deus.

Cobre-te com o manto da justiça que vem de Deus e põe na cabeça o diadema da glória do Eterno.

Deus mostrará teu esplendor, ó Jerusalém, a todos os que estão debaixo do céu.

Receberás de Deus este nome para sempre: ‘Paz-da-justiça e glória-da-piedade’.

Levanta-te, Jerusalém, põe-te no alto e olha para o Oriente!

Vê teus filhos reunidos pela voz do Santo, desde o poente até o levante, jubilosos por Deus ter-se lembrado deles.

Saíram de ti, caminhando a pé, levados pelos inimigos.

Deus os devolve a ti, conduzidos com honras, como príncipes reais.

Deus ordenou que se abaixassem todos os altos montes e as colinas eternas, e se enchessem os vales, para aplainar a terra, a fim de que Israel caminhe com segurança, sob a glória de Deus.

As florestas e todas as árvores odoríferas, darão sombra a Israel, por ordem de Deus.

Sim, Deus guiará Israel, com alegria, à luz de sua glória, manifestando a misericórdia e a justiça que dele procedem.

Palavra do Senhor.

Sl 15,5.8.9-10.11 (R.1a)

R. Maravilhas fez conosco o Senhor, exultemos de alegria!

Quando o Senhor reconduziu nossos cativos,*
parecíamos sonhar;
encheu-se de sorriso nossa boca,*
nossos lábios, de canções.R.

Entre os gentios se dizia: ‘Maravilhas*
fez com eles o Senhor!’
Sim, maravilhas fez conosco o Senhor,*
exultemos de alegria!R.

Mudai a nossa sorte, ó Senhor,*
como torrentes no deserto.
Os que lançam as sementes entre lágrimas,*
ceifarão com alegria.R.

Chorando de tristeza sairão,*
espalhando suas sementes;
cantando de alegria voltarão,*
carregando os seus feixes!

Ficareis puros e sem defeito
para o dia de Cristo.

Leitura da Carta de São Paulo aos Filipenses 1,4-6.8-11

Irmãos:

Sempre em todas as minhas orações rezo por vós, com alegria, por causa da vossa comunhão conosco na divulgação do Evangelho, desde o primeiro dia até agora.

Tenho a certeza de que aquele que começou em vós uma boa obra, há de levá-la à perfeição até ao dia de Cristo Jesus.

Deus é testemunha de que tenho saudade de todos vós, com a ternura de Cristo Jesus.

E isto eu peço a Deus: que o vosso amor cresça sempre mais, em todo o conhecimento e experiência, para discernirdes o que é o melhor.

E assim ficareis puros e sem defeito para o dia de Cristo, cheios do fruto da justiça que nos vem por Jesus Cristo, para a glória e o louvor de Deus.

Palavra do Senhor.

Todas as pessoas verão a salvação de Deus.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 3,1-6

No décimo quinto ano do império de Tibério César, quando Pôncio Pilatos era governador da Judéia, Herodes administrava a Galiléia, seu irmão Filipe, as regiões da Ituréia e Traconítide, e Lisânias a Abilene; quando Anás e Caifás eram sumos sacerdotes, foi então que a palavra de Deus foi dirigida a João, o filho de Zacarias, no deserto.

E ele percorreu toda a região do Jordão, pregando um batismo de conversão para o perdão dos pecados, como está escrito no Livro das palavras do profeta Isaías: ‘Esta é a voz daquele que grita no deserto: ‘preparai o caminho do Senhor, endireitai suas veredas. Todo vale será aterrado, toda montanha e colina serão rebaixadas; as passagens tortuosas ficarão retas e os caminhos acidentados serão aplainados. E todas as pessoas verão a salvação de Deus”.

Palavra da Salvação.

O Salmo de hoje pinta uma cena de sonho – uma estrada cheia de cativos libertados voltando para casa em Sião (Jerusalém), bocas cheias de riso, línguas regozijando.

É uma imagem gloriosa do passado de Israel, um “novo êxodo”, a libertação do exílio na Babilônia. Está sendo lembrado em um momento de óbvia incerteza e ansiedade. Mas o salmista não está ficando nostálgico.

Lembrando que “o Senhor fez grandes coisas” no passado, ele está fazendo um ato de fé e esperança – que Deus virá a Israel em sua necessidade presente, que Ele fará coisas ainda maiores no futuro.

É disso que tratam as leituras do Advento: Lembramos os atos salvadores de Deus – na história de Israel e na vinda de Jesus. Nossa lembrança tem o objetivo de despertar nossa fé, para nos encher de confiança de que, como a epístola de hoje coloca, “aquele que começou uma boa obra em [nós] continuará a completá-la” até que Ele volte em glória.

Cada um de nós, a Liturgia ensina, é como Israel em seu exílio – levado ao cativeiro por nossa pecaminosidade, necessitando de restauração e conversão pela Palavra do Santo (Bar 5, 5 ). As lições da história da salvação devem nos ensinar que, à medida que Deus vez após vez libertou Israel, em Sua misericórdia, Ele nos libertará de nosso apego ao pecado se nos voltarmos para Ele em arrependimento.

Essa é a mensagem de João, apresentada no Evangelho de hoje como o último dos grandes profetas (compare Jer 1, 1-4 , 11 ). Mas João é maior do que os profetas (Lc 7, 27 ). Ele está preparando o caminho não apenas para uma nova redenção de Israel, mas para a salvação de “toda a carne” (Atos 28, 28 ).

João cita Isaías (40, 3) para nos dizer que ele veio para construir uma estrada para nosso lar, um caminho para sair do deserto do pecado e da alienação de Deus. É uma estrada que seguiremos Jesus, uma jornada que faremos, como diz a primeira leitura de hoje, “regozijando-nos por [sermos] lembrados por Deus”.

Por Scott Hahn (é o fundador e presidente do St. Paul Center e Professor de Teologia Bíblica e Nova Evangelização na Universidade Franciscana de Steubenville. Ele é o autor ou editor de mais de quarenta livros sobre Escritura e teologia..

Fonte: St. Paul Center

Você pode contribuir com a comunidade

ASSOCIAÇÃO MARIA AUXÍLIO DOS CRISTÃOS

Agência 0001 – Operação 013
Conta Corrente 17769042-7
CNPJ 30.110.931/0001-03

Comunidade Ignis
Até a morte luta pela verdade
e o Senhor Deus combaterá por ti

Evangelize compartilhando!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter